CCJF lança a revista eletrônica LexCult para trabalhos acadêmicos

Imagem da capa do primeiro exemplar da revista, mostra um vitral em mosaico vermelho e o símbolo do CCJF
CCJF lança a revista eletrônica LexCult para trabalhos acadêmicos

O Centro Cultural Justiça Federal, conhecido por ser um dos espaços mais democráticos na área cultural do Estado do Rio de Janeiro, lançou, no final de 2017, a revista eletrônica LexCult (ISSN: 2594-8261), que objetiva publicar textos inéditos de pesquisadores nacionais e estrangeiros nas áreas cultural, educacional e jurídica. O primeiro número já está “no ar” e traz vários debates interdisciplinares acerca de temas contemporâneos que circundam o pensamento jurídico, cultural e artístico.

A revista tem periodicidade quadrimestral, caráter interdisciplinar e aceita submissões de professores e pesquisadores ligados a programas de pós-graduação strictu senso das mais variadas áreas do conhecimento, que se relacionem com a Cultura, Educação e o Direito.

A Revista LexCult está aberta para receber submissões de trabalhos inéditos para o ano 2018, em fluxo contínuo. No âmbito da Cultura, nas áreas de audiovisual, teatro, literatura, dança e música. No âmbito jurídico, em geral, mas com preferência para temas ligados à sociologia e à filosofia do Direito, direitos humanos, cidadania, questões climáticas, propriedade intelectual, direitos autorais, gênero, direito ambiental, direito dos idosos e direitos das minorias.

O lançamento da Revista LexCult faz parte das iniciativas do Diretor Geral do CCJF, desembargador federal Reis Friede, cuja gestão pretende aproximar, ainda mais, o Centro Cultural da população e das universidades.

O endereço da revista é http://lexcultccjf.trf2.jus.br/ e os leitores podem se cadastrar para receberem notificações das novas publicações.

 

Fonte: CCJF

 

<< Voltar