CJF autoriza SJRJ a empossar 50 novos servidores

o diretor do Foro, juiz federal Osair Victor de Oliveira Júnior, em discurso aos novos servidores
o diretor do Foro, juiz federal Osair Victor de Oliveira Júnior, em discurso aos novos servidores.
Ao lado do diretor do Foro, juiz federal Osair Victor de Oliveira Júnior, concursados tomaram posse na Justiça Federal do Rio de Janeiro no auditório do Fórum da Av. Venezuela
Ao lado do diretor do Foro, juiz federal Osair Victor de Oliveira Júnior, concursados tomaram posse na Justiça Federal do Rio de Janeiro no auditório do Fórum da Av. Venezuela

Quarenta e nove concursados tomaram posse na Justiça Federal do Rio de Janeiro no dia 30 de maio, no auditório do Fórum da Av. Venezuela, na presença de parentes e amigos. A ocupação dos cargos que estavam vagos foi autorizada pelo Conselho da Justiça Federal (CJF). Apenas um dos nomeados entre os aprovados no último concurso desistiu de tomar posse.

Participaram da solenidade o diretor do Foro, juiz federal Osair Victor de Oliveira Júnior, a diretora da Secretaria Geral, Luciene Dau Miguel, a diretora da Subsecretaria de Gestão de Pessoas, Mônica Valéria Góes, o coordenador de Lotação e Progressão Promoção Funcional, Dernilson Mesquita da Silva, entre outros servidores. Na cerimônia, o 50º empossado foi Vitor Caldas Batista Marques, que já é servidor e toma posse, então, no cargo de diretor de secretaria do 15º Juizado Especial Federal. 

Em discurso aos novos servidores, o diretor do Foro observou que Vitor tomou posse e saiu rápido para o Fórum Regional de Campo Grande, onde funciona o 15ºJEF. O Juizado seria o responsável pelo plantão da SJRJ naquele fim de semana de feriadão. O magistrado informou aos empossados que o cargo de diretor de secretaria é de livre escolha do juiz da unidade judiciária, que pode selecionar um técnico ou um analista para o cargo.

O juiz federal Osair Victor também contou sobre sua trajetória na SJRJ. Ele ingressou na instituição como técnico, depois foi aprovado em concurso para analista judiciário e, finalmente, para juiz federal. Como servidor trabalhou nas áreas administrativa e judiciária. Na carreira de magistrado, foi lotado em varas do interior dos estados do Rio de Janeiro e Espírito Santo. Atualmente, é titular da 6ª Vara Federal, na capital.

O diretor do Foro chamou a atenção do grupo para as novas responsabilidades, especialmente com a sociedade, ressaltando que as novas nomeações visam a ajudar a acelerar a tramitação processual. Luciene Dau Miguel parabenizou os empossados e seus familiares e amigos presentes. A diretora da SG lembrou sua própria posse há 23 anos, a evolução da Justiça Federal no período e os novos desafios institucionais.

 

<< Voltar