“Conhecendo a SJRJ”: estudantes do Colégio SION participam da primeira edição virtual de 2021

Estudantes e educadores do Colégio SION, localizado no bairro do Cosme Velho, participaram, no dia 15 de abril, da primeira edição virtual de 2021 do programa de visitação escolar “Conhecendo a SJRJ”, o programa da Justiça Federal do Rio de Janeiro que recebe alunos do ensino médio. O evento aconteceu pela plataforma Zoom e reuniu cerca de 60 pessoas. 

Esta edição contou com a participação do juiz federal titular do 1º. Juizado Especial Federal de Nova Friburgo, Elmo Gomes de Souza, parceiro do “Conhecendo”. 

Logo na abertura do encontro foram mostradas aos participantes a divisão dos Poderes da República, a função do Judiciário na manutenção das leis e solução de conflitos, a estrutura hierárquica e a competência da Justiça Federal. 

Em seguida, o magistrado respondeu a questões sobre concurso público, desafios e prazeres da profissão, além de dilemas entre visões pessoais e aplicação da lei. “Conflitos acontecem o tempo todo. Posso não concordar com determinada situação, mas se estiver na lei, não há outra alternativa. O juiz também convidou os estudantes a refletirem sobre a oportunidade valiosa que têm nas mãos: o acesso à educação de qualidade. “Essa é uma oportunidade que nem todos têm. Será que vocês estão aproveitando ou correspondendo a tudo isso que seus pais proporcionam? É uma responsabilidade grande essa confiança que depositam em vocês”, disse. 

Na sequência, foram apresentados aos alunos, por meio de slides e relatos históricos, a requintada arquitetura do Centro Cultural da Justiça Federal (CCJF), composta por pinturas de Rodolfo Amoedo. Os estudantes aprenderam sobre as diversas atribuições que o o prédio do CCJF teve desde que foi erguido. O local já abrigou o Tribunal de Alçada Criminal e foi sede do Supremo Tribunal Federal na época em que o Rio de Janeiro era capital federal. Atualmente, o CCJF conta com uma programação que inclui sessões de cinema e teatro, além de exposições, visitas orientadas e programas educativos. A programação foi toda adaptada para uma versão online.
 

Audiência simulada

Fechando o evento, foi realizada a tradicional audiência simulada. A simulação teve como tema o tráfico internacional de entorpecentes, gerando um rico debate de ideias, com argumentos a favor e contra a conduta da acusada. Ao final, os alunos votaram pela condenação ou absolvição da ré por meio do chat disponibilizado pela plataforma virtual. O espaço também funcionou como campo para reflexões sobre a aplicação do Direito e vulnerabilidade social.

O “Conhecendo a SJRJ” é realizado pela Seção de Relações Públicas da JFRJ. As escolas que desejarem participar do programa devem enviar mensagem para relacoespublicas@jfrj.jus.br.

 

<< Voltar