Os Centros de Conciliação da Justiça Federal não pararam – audiências de conciliação online

Equipamentos para acesso a internet

Os Centros de Conciliação da Justiça Federal não pararam. Junto com o Núcleo de Conciliação do TRF2, estão buscando as ferramentas para dar andamento em todos os processos, pois nesse momento é necessário estar ainda mais próximo aos jurisdicionados, para que a solução pacífica dos conflitos aconteça de uma forma segura e célere, a fim de amenizar os prejuízos decorrentes da pandemia COVID-19.

A partir desta semana serão realizadas 262 audiências online, pela plataforma emergencial do CNJ.

Para que a iniciativa seja bem sucedida, é preciso a colaboração dos patronos envolvidos nas demandas, que deverão acessar no sistema eProc o processo, verificar a data do agendamento da audiência, acessar o cadastro e atualizar o número de celular e e-mail, imprescindíveis para a realização da audiência.  

Confira o cronograma e as datas no estado do Rio de Janeiro:

•             28 de abril – CESOL BAIXADA – Baixada Fluminense

•             29, 30 de abril e 05,06 de maio – CESOL RIO – Rio de Janeiro

•             12, 13 e 14 de maio – CESGRANDE – Campo Grande

 

É facultado à parte autora não comparecer à audiência e ser representado pelo seu patrono, desde que este possua poderes para transigir e receber quitação.

O acesso à plataforma é bem simples. Na véspera da audiência será enviado para o celular ou e-mail cadastrado um link para acesso à sala de audiências, hospedada na plataforma Cisco Webex meeting, onde estarão aguardando um conciliador da Justiça Federal, o advogado da parte ré e um co-conciliador.  Aberta a audiência, será propiciada a leitura da proposta e a possibilidade de acordo.

Todas as instruções de acesso estão no processo junto ao despacho, na qual há a explicação pormenorizada dos requisitos de sistema operacional e modalidades de acesso mediante, microcomputador, tablet, smartphone, etc. 

 É importante o uso do fone de ouvido com microfone, que pode ser aquele simples que vem junto com o smartphone. 

Dúvidas poderão ser esclarecidas pelos e-mails concillie@jfrj.jus.br, cesolbaixada@jfrj.jus.br e cesgrande@jfrj.jus.br .

 

<< Voltar